quarta-feira, 27 de julho de 2011

I told you I was trouble...

Lembro que a primeira vez que ouvi Rehab, pensei: "poxa, essa é a nova Crazy (hit absoluto do Gnarls Barkley)".
Depois disso, o Back to Black demorou pra sair dos fones.
Era "O" álbum gostoso pra todos os momentos.

Confesso que, a minha lista de vozes masculinas preferidas é bem maior que a de vozes femininas. Das mulheres que amo, amo mais as que cantam rasgando o peito, aquelas que, quando cantam, você consegue quase sentir a dor.
Nem sei quantas vezes as dores de Billie Holiday e Nina Simone estiveram comigo.

O que me deixa mais triste com a morte da Amy é essa certeza que de onde veio tantas músicas que salvaram os meus dias, não sairá mais nada (ok, sei que vai sair tributos, sobras de gravações, talvez saia um álbum completo..vai saber).
Uma hora essas sobras irão acabar.

A sensação que eu tenho é que um amigo distante morreu.
Daqueles amigos que você não fala todo dia, ou que fica até anos sem falar, mas que você deseja todo o bem do mundo, que seja feliz, que esteja vivo e bem.


Do me good and all this craziness will disappear

Um comentário:

깜둥이 disse...

http://www.youtube.com/watch?v=W2lWSAVqh5E
This chance may not come again.